PART – Programa de Apoio à Redução Tarifária aos Transportes Ferroviários
COVID-19
BASE_FOTOS_1_ciclismo
BASE_FOTOS_1_sardinha
site_nucleo
base_fotos_2_sina
CartazIsabelViana_b
BASE_FOTOS_om_2021
BASE_FOTOS_derrama_site
Município de Viana isenta empresas do pagamento da derrama
Município de Viana isenta empresas do pagamento da derrama
VER +
Agenda
Notícias
Núcleo Museológico abriu em Viana do Alentejo

Núcleo Museológico abriu em Viana do Alentejo

O Município de Viana do Alentejo tem aberto ao público o Núcleo Museológico, que se encontra instalado no piso térreo dos antigos Paços do Concelho, na Praça da República, em Viana do Alentejo. Tendo em conta as características do espaço e a situação pandémica que vivemos não foi realizada qualquer cerimónia de inauguração. Esta estrutura museológica, espalhada por três pequenas salas que outrora albergaram a prisão concelhia poderá, no futuro, após as obras de requalificação do edifício, evoluir para Museu da Vila. Devido à sua localização poderá, igualmente, servir de receção aos muitos visitantes que visitam a Vila de Viana do Alentejo. A primeira exposição do Núcleo Museológico incide no património arqueológico identificado até ao momento e recolhido em todo o concelho, proveniente das várias intervenções de requalificação patrimonial e urbanística, realizadas pela Câmara desde 2013, bem como dos trabalhos de prospeção do território, efetuados no âmbito da Carta Arqueológica do Concelho de Viana. Nesta exposição pretende-se que o visitante fique a par de como decorreu, ao longo dos últimos 5 ou 6 milénios, a ocupação do território que hoje integra o Concelho de Viana do Alentejo, nomeadamente como viviam os seus habitantes, o que faziam e como eram os seus habitats, entre outros. A abertura do Núcleo Museológico, um projeto concretizado num curto espaço de tempo, vem de encontro à política de salvaguarda do património material e imaterial que o Município de Viana tem vindo a desenvolver com o intuito de perpetuar a identidade e a memória coletiva. A concretização do projeto contou com a colaboração de um grupo alargado de pessoas, tanto na instalação do Núcleo Museológico, como na cedência, a título de empréstimo, de vários artefactos arqueológicos de grande interesse e valia patrimonial. O novo espaço municipal que pode ser visitado de terça a sábado, entre as 10h00 e as 13h00 e das 15h00 às 18h00, e ao domingo das 10h00 às 13h00, tem entrada gratuita.
16 de Junho
Fátima Farrica apresenta livro em Aguiar

Fátima Farrica apresenta livro em Aguiar

No próximo dia 12 de junho, pelas 19h00, será transmitida em direto no facebook do Município de Viana do Alentejo, a apresentação do livro “O Foral de Aguiar de 1269”, da autoria de Fátima Farrica, com chancela da Caleidoscópio e editado pelo Município de Viana com o apoio da Junta de Freguesia de Aguiar. Para além da autora do livro, Fátima Farrica, estarão ainda presentes na sessão, Hermínia Vilar, da Universidade de Évora, António Lopes, Presidente da Junta de Freguesia de Aguiar, Bengalinha Pinto, Presidente da Câmara Municipal de Viana do Alentejo e Jorge Ferreira, da Editora Caleidoscópio. A obra dá a conhecer o primeiro foral de Aguiar concedido em 1269 pelo cavaleiro Estevão Rodrigues, mostrando a realidade daquela localidade medieval e, a partir daí, a vivencia da época em áreas como o poder local, a sociedade e a economia, para além da transcrição do texto original e o fac-símile do documento. A iniciativa que se realiza em Aguiar estava prevista acontecer em janeiro, no âmbito das Comemorações da Restauração do Concelho, tendo sido adiada devida à situação pandémica. De relembrar que, em 2016, as freguesias de Aguiar e Viana do Alentejo, assinalaram os 500 anos sobre a atribuição dos seus forais manuelinos com um conjunto de atividades que culminou com apresentação do livro “Os Forais Manuelinos de Aguiar e de Viana do Alentejo: 500 anos” da autoria de Fátima Farrica e Francisco José Baião, onde estão reproduzidos, em edição fac-similada, os textos dos forais de Leitura Nova outorgados pelo rei D. Manuel I, em 1516. O livro encontra-se disponível para venda nos Postos de Turismo do Concelho, em Viana do Alentejo, no Castelo, e em Alcáçovas, no Paço dos Henriques, onde quem pretender adquirir ou já adquiriu a obra, a poderá deixar para ser autografada pela autora.
2 de Junho
Acessos rápidos
Alentejo Central

CIMAC

A Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central é uma pessoa coletiva de direito público de natureza associativa e âmbito territorial e visa a realização de interesses comuns aos municípios que a integram.
www.cimac.pt
Nome
Email
Descarregue a nossa app