30 outubro 2017

Projeto Incluir

INFARMED cria projeto que reforça relacionamento com o cidadão.

O INFARMED – Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde criou o «Projeto Incluir», que constitui um instrumento de ligação com o cidadão e, em particular, com o cidadão portador de doença ou seu representante.

Através deste projeto, pretende-se alargar a interação de doentes/associações de doentes no processo de avaliação de tecnologias da saúde e outras áreas, como as roturas de medicamentos, notificação de reações adversas ou medicamentos contrafeitos.

A integração neste projeto vai depender de prévia acreditação, através do preenchimento de um formulário que vai ser disponibilizado no site do INFARMED, e a identificação dos doentes/associações de doentes que cumprem os critérios vai ser definida até dia 10 de fevereiro de 2018.

Estes critérios de legitimação são reconhecidos internacionalmente pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA), pelo National Institute for Health and Care Excellence (NICE) e pela norte-americana Food and Drug Administration (FDA).

Entre os critérios estarão a sua capacidade de representar os interesses e direitos da pessoa com doença, a sua missão, existência de estatutos, disponibilidade para participar, bem como aspetos inerentes à transparência e conflitos de interesses.

O documento de enquadramento do «Projeto Incluir» está disponível numa área do site do INFARMED que foi criada para o efeito e vai estar em discussão pública até dia 10 de novembro. Os comentários devem ser submetidos através do email associacoes.doentes@infarmed.pt.

 

Para saber mais, consulte:

 

INFARMED >  Projeto Incluir

 

Fonte: www.sns.gov.pt

© 2013 - Câmara Municipal de Viana do Alentejo Termos de Responsabilidades Condições de Privacidade made by |create| it |