Número de Testamentos Vitais continua a aumentar

Fonte: http://spms.min-saude.pt/

O número de Testamentos Vitais aumentou significativamente entre janeiro e 03 de março de 2017, com 8893 testamentos vitais registados, correspondendo ao maior crescimento desde a sua entrada em vigor, em julho de 2014.

Dos 8893 Testamentos Vitais registados, 3194 foram feitos por homens e 5699 por mulheres. Em apenas um mês, entre fevereiro e março, mais de mil portugueses fizeram Testamento Vital.

O Testamento Vital é um direito de todo o cidadão, maior de idade, que consiste em manifestar a vontade individual, indicando os cuidados que quer, ou não, receber, num contexto clínico de incapacidade, isto é, sem autonomia para expressar a sua decisão. Possibilita, também, nomear um Procurador de Cuidados de Saúde (PCS).

Para o Testamento vital ficar ativo, o cidadão deve preencher o formulário da Diretiva Antecipada da Vontade (DAV), disponível na Área do Cidadão do Portal do SNS em www.sns.gov.pt/cidadao.

Depois de preenchida, a DAV poderá ser entregue na sede do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) da residência do cidadão, ou num Balcão RENTEV, o sistema informático que simplifica o procedimento de registos e a consulta de testamentos vitais.

O utente pode consultar o seu Testamento Vital através da Área do Cidadão e, numa situação de urgência ou de tratamento específico, o médico pode consultar pela Plataforma de Dados de Saúde (PDS)

De forma a reforçar, ainda mais, a transparência e divulgação sobre os números do Testamento Vital, a SPMS, EPE desenvolveu instrumentos que permitem realizar a monitorização diária, divulgando, já a partir de março, os números diários, quer de novos Testamentos Vitais, quer dos acessos feitos pelo utente e pelo profissional. A título de exemplo, a 03 de março foram criados 63 Testamentos Vitais, enquanto que no dia 01 tinham sido criados 90.

Os resultados expressivos alcançados em 2017 levam a SPMS, EPE a continuar a apostar na estratégia de comunicação contínua, forte e multicanal que tem desenvolvido, cumprindo, assim, com a Resolução da Assembleia da República n.1/2017, publicada em Diário da República de 02 de janeiro.

Tendo como objetivo principal informar sobre as vantagens do Testamento Vital, a campanha assume-se, também, como forma de melhorar a comunicação, por parte do Serviço Nacional de Saúde, dos direitos dos cidadãos.

Fonte: http://spms.min-saude.pt/

© 2013 - Câmara Municipal de Viana do Alentejo Termos de Responsabilidades Condições de Privacidade made by |create| it |