19 fevereiro 2010

Proteção Civil

A protecção civil é a actividade desenvolvida pelo Estado, regiões autónomas e autarquias locais, pelos cidadãos e por todas as entidades públicas e privadas, com a finalidade de prevenir riscos colectivos inerentes a situações de acidente grave ou catástrofe, de atenuar os seus efeitos, proteger e socorrer as pessoas e bens em perigo quando aquelas situações ocorram.

​O que é a Protecção Civil?

A protecção civil é a actividade desenvolvida pelo Estado, regiões autónomas e autarquias locais, pelos cidadãos e por todas as entidades públicas e privadas, com a finalidade de prevenir riscos colectivos inerentes a situações de acidente grave ou catástrofe, de atenuar os seus efeitos, proteger e socorrer as pessoas e bens em perigo quando aquelas situações ocorram.
A actividade de protecção civil tem um carácter permanente e multidisciplinar. A protecção civil é desenvolvida em todo o território nacional. Nas regiões autónomas as políticas e acções de protecção civil são da responsabilidade dos governos regionais.


Objectivos da Protecção Civil:

- Prevenir os riscos colectivos e a ocorrência de acidente grave ou de catástrofe deles resultantes;
- Atenuar os riscos colectivos e limitar os seus efeitos no caso das ocorrências descritas na alínea anterior;
- Socorrer e assistir as pessoas e outros seres vivos em perigo, proteger bens e valores culturais, ambientais e de elevado interesse público;
- Apoiar a reposição da normalidade da vida das pessoas em áreas afectadas por acidente grave ou catástrofe.


As actividades de protecção civil exercem-se nos seguintes domínios:

- Levantamento, previsão, avaliação e prevenção dos riscos colectivos;
- Análise permanente das vulnerabilidades perante situações de risco;
- Informação e formação das populações, visando a sua sensibilização em matéria de autoprotecção e de colaboração com as autoridades;
- Planeamento de soluções de emergência, visando as buscas, o salvamento, a prestação de socorro e de assistência, bem como a evacuação, alojamento e abasteciemnto das populações;
- Inventariação dos recursos e meios disponíveis e dos mais facilmente mobilizáveis, ao nível local, regional e nacional;
- Estudo e divulgação de formas adequadas de protecção dos edifícios em geral, de momumentos e de outros bens culturais, de infra-estruturas, do património arquivístico, de instalações de serviços essenciais, bem como do ambiente e dos recursos naturais;
- Previsão e planemamento de acções atinentes à eventualidade de isolamento de áreas afectadas por riscos.


Contactos Úteis

Nº Nacionais

Emergência - 112
Incêndios - 117

Autoridade Nacional de Protecção Civil
http://www.proteccaocivil.pt

Instituto de Meteorologia
http://www.meteo.pt

CMVA

© 2013 - Câmara Municipal de Viana do Alentejo Termos de Responsabilidades Condições de Privacidade made by |create| it |