Mostra de Doçaria

Alcáçovas volta a ser a capital da doçaria conventual e palaciana entre os dias 6 e 8 de dezembro. A XIV Mostra de Doçaria, um dos ex-libris e cartaz de visita do concelho é organizada pela Câmara Municipal de Viana do Alentejo e pela Junta de Freguesia de Alcáçovas

Horário:
 
Inicio do Evento:
05 dezembro
Fim do Evento:
08 dezembro
Localização:
Alcaçovas

​Em 2012,  a Mostra de Doçaria de Alcáçovas  celebrou 13 anos de existência. A iniciativa, um dos ex-líbris e cartaz de visita do Concelho e que já faz parte do calendário de muitos portugueses, pretende recuperar receitas antigas caraterísticas do Concelho e mostrar o que de melhor se faz nesta área com destaque para os doces conventuais e palacianos. A Mostra de Doçaria tornou-se, ao longo dos anos, um marco no seio dos eventos gastronómicos da região, facto que se deve, igualmente, ao empenho e dedicação de todos os doceiros que têm participado nestes últimos 13 anos.

Também o número de visitantes não tem parado de aumentar, num certame que todos os anos apresenta novidades e tornou-se uma oportunidade única para descobrir novos sabores.

Mostra arrancou no ano 2000 
Recorde-se que a Mostra de Doçaria começou no ano 2000, na antiga escola primária de Alcáçovas, e contou com a participação de apenas 12 doceiras do Concelho de Viana do Alentejo.

No ano seguinte, o certame viu a sua participação alargar a doceiras do distrito de Évora, o que levou a uma mudança de espaço. Nesse ano, a Casa Santos Murteira acolheu 18 doceiras.

Em 2002, a III Mostra de Doçaria afirmou-se no panorama dos eventos de Inverno na região, fazendo parte da campanha promocional "Alentejo à Mesa" da Região de Turismo de Évora.

Em 2003, a mostra voltou a mudar de espaço devido há afluência de participantes (25) oriundos um pouco de todo o Alentejo – Alcáçovas, Aguiar, Viana do Alentejo, Oriola, Alvito, Vidigueira, Beja e Portalegre. Também o número de visitantes aumentou consideravelmente. O certame decorreu numa tenda de 700 m2 junto à delegação da Autarquia, em Alcáçovas.

Na 5ª edição, em 2004, o certame mudou novamente de local. A mostra realizou-se junto ao jardim público, de modo a responder às necessidades de participantes e visitantes.

Em 2006, na 7ª edição, a iniciativa volta a mudar de espaço, passando a realizar-se até hoje, junto à EBI/JI. Desde essa altura, o número de doceiros e doceiras tem vindo a aumentar. Em 2009, atingimos o número máximo de 34 participantes.

Em 2010, 2011 e 2012 a mostra revelou-se um sucesso, quer no número de participantes, quer no número de visitantes. Durante três dias, largas centenas de pessoas passaram pelo certame para provar a doçaria conventual e palaciana que conseguiu, ao longo das várias edições, manter fiéis os visitantes.

A par das iguarias de fazer crescer água na boca, os sons tradicionais têm marcado presença no certame que, durante alguns anos, contou com a presença de chefes de cozinha conhecidos do grande público. Filipa Vacondeus, Chef Silva, Chef Irene Gonçalves, Carlos Capote, Mestre Chocolatier Paulo Santos, Chef Carlos Pedro, Chef de Pastelaria Rui Moisés, Chef Luís Baena e Chef Pedro Mendes passaram pelo certame.

As crianças também não foram esquecidas. Para os mais novos o Município reserva um espaço a que deu o nome de "Laboratório do Doce", onde os mais novos dão azo à sua imaginação, com a ajuda de doceiras  do concelho.

 

Informações Adicionais

© 2013 - Câmara Municipal de Viana do Alentejo Termos de Responsabilidades Condições de Privacidade made by |create| it |