15 janeiro 2015

Município de Viana do Alentejo assinalou 117º aniversário da restauração do Concelho

O Concelho de Viana do Alentejo assinalou mais um aniversário sobre a restauração do Concelho, passados que estão 117 anos, desta efeméride, no dia 13 de janeiro, no Cineteatro Vianense, com a presença de muitos convidados e munícipes do concelho.

O Concelho de Viana do Alentejo assinalou mais um aniversário sobre a restauração do Concelho, passados que estão 117 anos, desta efeméride, no dia 13 de janeiro, no Cineteatro Vianense, com a presença de muitos convidados e munícipes do concelho.


A Sessão Solene presidida pelo Presidente da Câmara Municipal, Bengalinha Pinto, contou, como sempre, com a presença do Presidente da Assembleia Municipal de Viana do Alentejo, António Sousa, e com os presidentes das Juntas de Freguesia, Sara Pajote e Joaquim Viegas e em representação do Presidente da Junta de Freguesia de Aguiar, Angélica Baixinho, membro do executivo da junta.


Este ano, pela primeira vez, o Município decidiu agraciar dois munícipes com a Medalha de Honra, pelo inestimável contributo que deram para o desenvolvimento social e humano, do concelho - Francisco António Sítima, ex-provedor da Santa Casa da Misericórdia de Viana do Alentejo e António José Galvão, ex-provedor da Santa Casa da Misericórdia de Alcáçovas, ambos responsáveis pelos destinos destas duas instituições sociais, do município, durante quase duas décadas, e a quem o presidente da Câmara agradeceu o esforço e dedicação. Bengalinha Pinto, elogiou ainda os atuais provedores das duas instituições pelo bom trabalho que estão a desempenhar em prol de quem mais precisa.


Para além da homenagem e reconhecimento a personalidades do concelho, foram igualmente reconhecidas, com a Medalha de Honra, pelo seu inestimável contributo para a melhoria da vida coletiva do concelho, na área da juventude e na área cultural, a “AJAL – Associação de Jovens de Alcáçovas e AEVA – Associação Equestre de Viana do Alentejo”, respetivamente.

Nestas comemorações dedicadas ao património, o Presidente da Câmara não deixou de assinalar o reconhecimento internacional que o cante obteve em novembro último, ao ser classificado como património cultural imaterial da humanidade. “É o património que nos identifica como povo e como comunidade”, assegurou o autarca que garantiu que o executivo continuará a “trabalhar com as forças vivas do concelho, entidades regionais, nacionais e internacionais, para que possamos aspirar por um futuro melhor”.


Do programa das comemorações, constaram várias atividades, para além deste momento solene. A III Caminhada “Luís Filipe Martins Branco”, o III Raid BTT, organizado pelo Grupo Cultural e Desportivo de Aguiar, a peça de teatro “Casamento por Encomenda”, peça de teatro apresentada pelo Grupo de Teatro de Amadores de Vila Viçosa, no âmbito do Programa Municipal “Peça a Peça”, o lançamento de dois livros sobre o património, também do concelho, o livro “O Cante Alentejano, os Grupos Corais e a sua Salvaguarda”, pela MODA – Associação do Cante Alentejano e o livro “ILARVS: Contributo para o Estudo da Olaria Tradicional de Viana do Alentejo”, de Luís Miguel Banha. Destaque ainda, para o Encontro “Património da Humanidade: Onde o Cante Encontra o Fado” que juntou em palco os grupos corais do concelho e o fadista Luís Caeiro e para a inauguração da exposição “Memórias do Verde Barro: Homens e técnicas da tradição oleira vianense” coorganizada pelo Município e pelo autor, Luís Miguel Banha, patente ao público até dia 13 de fevereiro, podendo ser visitada entre as 14h00 e as 18h00.

© 2013 - Câmara Municipal de Viana do Alentejo Termos de Responsabilidades Condições de Privacidade made by |create| it |