23 junho 2015

Chocalhofone foi um sucesso

A Igreja Matriz de Alcáçovas encheu no passado domingo, dia 21, para a estreia a nível nacional do chocalhofone alentejano, num concerto no âmbito da candidatura da arte chocalheira à Unesco, pela Orquestra Sinfónica Juvenil, sob a direção do maestro Christopher Bochmann.

​O chocalhofone alentejano é constituído por 32 chocalhos modelo "picadeira" e foi produzido pela empresa Chocalhos Pardalinho, sedeada em Alcáçovas, num trabalho com a duração de cerca de 3 meses.

Neste concerto com várias obras diferentes de compositores como Elgar, Brahms e Bruckner, teve também estreia a nível nacional a obra "Pastorale", da autoria de Christopher Bochmann, com a participação do chocalhofone.

Este novo instrumento surgiu integrado na Orquestra Sinfónica Juvenil, a única orquestra de jovens de funcionamento permanente no nosso país, que desempenha um papel fulcral na formação de jovens músicos numa perspetiva de profissionalização.

Este concerto pretende promover a candidatura da arte chocalheira a Património Cultural Imaterial com Necessidade de Salvaguarda Urgente, cuja decisão será conhecida no final do ano, se tudo correr bem.

Para o presidente da Câmara Municipal de Viana do Alentejo esta é apenas mais uma açãode apoio à candidatura. Bengalinha Pinto acredita que "a atribuição do selo da UNESCO à arte chocalheira será uma mais-valia para a economia local e para a promoção da região".

O concerto com o chocalhofone alentejano foi promovido pelo Município de Viana do Alentejo, Junta de Freguesia de Alcáçovas e Orquestra Sinfónica Juvenil, contando com a colaboração do maestro Christopher Bochmann, o apoio da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo e da Direção Regional de Cultura do Alentejo e o patrocínio da empresa Chocalhos Pardalinho.

© 2013 - Câmara Municipal de Viana do Alentejo Termos de Responsabilidades Condições de Privacidade made by |create| it |